“A menina da foto” — autobiografia de Kim Phuc Phan Thi é lançada em português

“A menina da foto” — autobiografia de Kim Phuc Phan Thi é lançada em português

Kim Phuc, hoje Embaixadora da Boa Vontade da Unesco, traz à tona os bastidores do icônico registro da Guerra do Vietnã e compartilha sua emocionante trajetória de superação e busca pela liberdade 

“Meu maior objetivo ao escrever esta história? Que você conheça e viva plenamente a paz que eu encontrei.” – Kim Phuc Phan Thi

No mês de setembro, a Editora Mundo Cristão lança uma obra célebre: A menina da foto – Minhas memórias: Do horror da guerra ao caminho da paz, autobiografia escrita por Kim Phuc Phan Thi, figura que ficou mundialmente conhecida por protagonizar a icônica imagem registrada por Nick Ut, fotógrafo da Associated Press, durante a Guerra do Vietnã, em 8 de junho de 1972. Na foto, Kim Phuc, então com nove anos de idade, corre queimada após um ataque a bomba, sem roupas, em meio a crianças e soldados. O registro, inquietante e comovente, rendeu a Nick Ut o prêmio Pulitzer em 1973 por Fotografia de Última Hora (hoje chamado de Reportagem Fotográfica).

Na biografia, Kim Phuc compartilha detalhes de sua história: a bela e inocente infância que tivera nas formosas terras do Vietnã do Sul, a devastação da guerra e também a opressão imposta pelo regime comunista. Kim, que teve um terço de seu corpo profundamente queimado pela bomba de Napalm – arma tática que adere de maneira irreversível à pele humana, queimando a mais de dois mil e setecentos graus – fala sobre todo o contexto que marcou o antes e o depois do registro fotográfico, e sobre as excruciantes dores físicas que enfrentou ao longo de toda a sua vida em decorrência das dolorosas cicatrizes deixadas pela substância.

Em seu seu vívido e tocante texto, Kim traz à tona os abusos sofridos ao ser usada, de maneira antiética, como ferramenta de propaganda política do governo comunista e as agonias de estar sob os holofotes de autoridades opressoras. Enviada na juventude para estudar em Cuba, a autora revela o difícil período que enfrentou no país caribenho e sobre sua fuga para o Canadá, onde finalmente passou a experimentar a tão sonhada liberdade. Ao longo da obra, ela divide com o público os traumas, os medos, as lutas e os complexos que vivenciou em diferentes fases de sua caminhada, além de revelar como a fé a fez superar a desesperança, a tristeza e a dor.

Emocionante do início ao fim, em  A menina da foto – Minhas memórias: Do horror da guerra ao caminho da paz, Kim oferece aos leitores um incrível exemplo de força e resiliência. A obra descortina um caminho de união, equilíbrio e conciliação em um mundo marcado pela violência e busca desenfreada pelo poder. Altamente inspiradora, a autobiografia é leitura indicada para toda e qualquer pessoa que deseja obter encorajamento para vencer em meio aos cenários mais adversos e inspiração para lutar por um mundo melhor.

Ficha Técnica:
A menina da foto – Minhas memórias: Do horror da guerra ao caminho da paz
Código: 11267
ISBN: 978-85-433-0286-7
Código de barras:  9788543302867
Páginas: 320
Formato: 14×21
Categoria: Biografia e autobiografia
Preço: R$49,90

Sobre a autora:

Kim Phuc Phan Thi tornou-se conhecida após ser fotografada aos 9 anos de idade, fugindo de um bombardeio de napalm que atingiu a aldeia onde ela morava no sul do Vietnã, em 1972. O ataque lhe provocou queimaduras severas. Hoje, Kim vive no Canadá e atua como embaixadora da boa vontade da Unesco. É casada com Toan e mãe de Thomas e Stephen.

Redes da autora:

Site Kim Foundation International: http://kimfoundation.com/

Posts Relacionados

Giovanna Vaccaro, jovem autora que empodera a juventude

Ana Beatriz Brandão, sucesso entre o público jovem, lança mais um livro em São Paulo

História real que se tornou uma das mais fantásticas odisseias contemporâneas, “Papillon” ganha remake nos cinemas e volta às livrarias