Alunos do Unifeb vão estudar liderança em Harvard com tudo pago

O Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (UNIFEB) informou que dois alunos da instituição participarão de um curso de formação em liderança ministrado em Harvard University e no Massachusetts Institute of Technology (MIT), em 2018. Os alunos contemplados serão escolhidos a partir de nota conquistada no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) que foi aplicado para 700 universitários da instituição neste domingo (26).

Segundo a reitora do Unifeb, professora Sissi Kawai Marcos, a ação é inédita e integra um programa inovador que visa reforçar a capacidade de liderança de estudantes brasileiros a partir de experiências bem-sucedidas nas universidades mais prestigiadas do mundo. O programa desenvolverá habilidades de liderança nos estudantes, capacitando-os para que se tornem referências nos projetos acadêmicos nas áreas tecnológica, ambiental, social e de empreendedorismo.

Os alunos participarão de workshops e outras atividades que desenvolverão habilidades como: liderança, persuasão, comunicação visual, criatividade, empreendedorismo e habilidade de falar em público. Nas visitas guiadas em Harvard University e no Massachusetts Institute of Technology (MIT), eles poderão aprender  e trocar experiências diretamente com os estudantes líderes de cada uma dessas instituições visitadas.

As duas vagas oferecidas pelo UNIFEB para o programa incluem estadia, alimentação e custos com viagem que deve durar uma semana. Serão dois alunos contemplados pelo UNIFEB. O pró-reitor de graduação da instituição , Fabiano Sant’Anna acompanhará os alunos. “Essa será uma oportunidade única onde os alunos do Unifeb estarão em contato com professores e profissionais da universidade mais desejada do Mundo, uma imersão acadêmica que certamente influenciará no futuro profissional dos universitários”, disse Kawai.

O ENADE foi aplicado no Unifeb neste domingo, para 700 alunos dos cursos de engenharia (ambiental, civil, alimentos, elétrica, produção, mecânica e química), Sistemas de Informação e Licenciaturas (Educação Física, Ciências Biológicas, Física, Matemática, Pedagogia e Química). A prova contou com 40 questões, sendo 10 de formação geral e 30 questões de componentes específicos de cada curso.

Posts Relacionados

Albatroz – PROJETOS AMBIENTAIS OFERECEM OPORTUNIDADE PARA PROFISSIONAIS DAS MAIS DIVERSAS FORMAÇÕES

Em dezembro, São Paulo será a capital da criatividade e inovação

Profissões em alta