Brasil fecha com 318 medalhas de ouro o último dia do FISU America Games

Brasil fecha com 318 medalhas de ouro o último dia do FISU America Games

A capital paulista recebeu o 1º pan-americano universitário da história

Terminou sábado, 28, o FISU AMERICA Games, o primeiro Pan-Americano voltado exclusivamente para o esporte universitário. As competições, que começaram no dia 19, aconteceram no Centro de Treinamento do Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB.

Cerca de 1500 atletas do Brasil, Estados Unidos, Canadá, Chile, Peru, Colômbia, Argentina, Costa Rica, Paraguai, Honduras, México e Uruguai, competiram as 13 modalidades presentes no evento, sendo: atletismo, basquetebol, taekwondo, futebol, futsal, voleibol, judô, natação, tênis e tênis de mesa.

O evento também foi pioneiro no paradesporto, pois pela primeira vez, paratletas universitários tiveram a chance de representar seu país em um evento internacional. O Brasil contou a maior delegação, composta por cerca de 450 atletas, sendo 150 paratletas, competindo nas modalidades tênis de mesa, atletismo e natação.

O Brasil fechou a competição com 318 medalhas de ouro, 141 de prata e 64 de bronze.

Durante as competições, o medalhista Gustavo Borges marcou presença no evento, falando sob

re sua trajetória olímpica representando seu país. O ministro dos Esportes, Leandro Cruz, também compareceu aos jogos, premiando atletas da natação e na final do futsal masculino.

O evento foi realizado pela Confederação Brasileira de Desporto Universitário – CBDU e FISU America (Federação Internacional do Esporte Universitário). A Federação Universitária Paulista de Esportes – FUPE, faz parte da co-organização dos jogos, que contam com o patrocínio dos Correios, dos Comitês Olímpico e Paralímpico Brasileiro e da Premiere PET. Entre os apoiadores estão Gym Pass, Super Bolla e Koch Tavares.

Para saber o resultado de todos as competições e conferir o quadro de medalhas completo de todas as modalidades e países, acesse: https://www.cbdu.org.br/competicao/fisu-america-games/

Posts Relacionados

Paratleta supera seus limites com patrocínio de empresa de cadeira de rodas

Talentos brasileiros do surfe protagonizam 14ª temporada de “Brazilian Storm” no Canal OFF

De jovens na F1 a corrida inédita: sete motivos tornam 2019 especial ao automobilismo