Cantor Lucas Milani lança seu livro de poemas inspirados no haikai

Livro de poemas Pqna Volta degusta a poesia haikai e a filosofia on the road dos beatniks

Música e poesia são artes próximas.  Algumas vezes, as músicas nascem a partir de versos de poemas, surgindo daí a canção.

Formado em letras, Lucas Milani usa sua afinidade com as palavras para construir a ponte entre a poesia e a música. Resultado de saraus itinerantes pelos países da América do Sul, o livro de 30 poemas “Pqna Volta” tem inspiração no Haikai, formato japonês de poemas curtos, reverenciado, no Brasil, pelo poeta curitibano Paulo Leminski.

Um dia, um amigo escreveu para Lucas os seguintes versos, que soam como um aperto de mão amiga:

Uma vida dolorida     

Está a uma letra        

De tornar-se colorida

                           Titi     

Retribuindo a gentileza, Lucas escreveu de volta:

Lenço branco no casaco          

do velhinho.   

Passa um vento e ele voa.

Passarinho    

A voz da poesia e o incômodo da inércia despertou Lucas para registrar novos momentos mundo a fora, com objetividade. Como se as palavras fossem sua câmera fotográfica, Lucas registrava os instantes em pequenos versos. Começou a escrever versos curtos e inteligentes, assim como se degusta a poesia que emana de um haikai. Com o mesmo tom, os poemas apresentavam movimento em si, eles não queriam ficar parados.

Lucas recitava os versos nas ruas em seu sarau itinerante, interagindo com as pessoas, perguntando se gostariam de participar do segundo menor sarau do mundo, musicando os poemas numa objetiva e rápida interação, presenteando os participantes com o livro e ganhando assinatura de cada um em seu violão. As músicas viraram uma moldura aos poemas, intensificando as sensações, os instantes poéticos, que é a origem do Haikai, ser simples e contemplativo. “Quando percebi, os poemas que escrevia tinham melodias que clamavam por ar. Comecei a cantá-las”, comenta Lucas.

Suas letras carregam um caráter lírico-amoroso e, como ele mesmo diz, “inevitavelmente, trazem a marca de um ego ressentido”.  Lucas considerou não revisar os versos que estão no livro, valorizando o instante e a impulsão criadora com imprescindível objetividade que não quis manchar.

Poema de Fronteira

o que os passos sabem

dos riscos que correm andando

sem olhar pro lado?

(Poema do livro Pqna Volta, de Lucas Milani)

Os versos do livro deram origem ao álbum “Pqna Volta”, onde Lucas Milani combina a poesia entre o Folk e o Rock através de 12 músicas autorais que incorporam afilosofia On The Road dos beatniks, já que os escritores Beat nos anos 60 davam ênfase a um engajamento visceral em experiências durante as viagens pela estrada, com as palavras combinadas em busca de um entendimento espiritual mais profundo.

A música “Seu Zito”, por exemplo, reflete um estado de espírito por meio da narração da vida de um sujeito excêntrico e avesso ao materialismo, inspirado no amigo Kid Vinil, que gravou a faixa junto com Lucas: https://goo.gl/DYoQ8y

No poema-canção, “Um canto para bailarina”, Lucas fala desse signo maior do movimento para a poesia, que é a bailarina, num poema com simetria estrutural bastante sólida, a canção traz uma musicalidade mais irregular para contrapor: https://goo.gl/sY9eR6

A música “Aquele que não foi” fala sobre sonhos frustrados, questiona a normalidade do piloto automático, o estilo de vida do mundo contemporâneo que naturaliza o conformismo, o trabalho sem satisfação pessoal, os relacionamentos frios.

Lucas Milani disponibiliza o Livro “Pqna Volta” para quem aprecia a poesia Haikai e queira conferir como os poemas viraram músicas:

https://drive.google.com/file/d/1XbdIJkhU-rmuJpPHwhJD6wYN2Xgm3h5J/view

 

A série de 12 vídeos “Faixa a Faixa” explica a construção de cada faixa do disco: https://goo.gl/hepiQR

Para ouvir o álbum Pqna Volta inteiro:

Deezer: https://goo.gl/b9goyC

Spotify: https://goo.gl/BeWhZi

Google Play: https://goo.gl/63W97F

Itunes: https://goo.gl/7uGpT2

 

Posts Relacionados

Óbidos: uma vila portuguesa para os amantes de literatura

Parceiros da Educação lanca Campanha de financiamento coletivo para escolas da rede pública de SP

INSTITUTO AYRTON SENNA INAUGURA EXPOSIÇÃO “O LEGADO DE UM ÍDOLO” NO METRÔ DE SÃO PAULO