Cantora espanhola faz show de pré lançamento do seu 1o. álbum solo em SP, dia 18/01

Espanhola Irene Atienza  faz show de pré lançamento

do seu 1o. álbum solo no Centro Cultural Rio Verde

O concerto do dia 18/01 é também uma festa em comemoração ao aniversário da cantora 

Ocorre próximo dia 18 de janeiro (quinta-feira), a partir das 20h, show de pré-lancamento do disco ‘Salitre’, da cantora espanhola Irene Atienza. A apresentação que ocorrerá no Estrella Galícia Estação Rio Verde, localizado à rua Belmiro Braga, 119, Vila Madalena, também é uma comemoração ao aniversário da cantora. Irene acompanhada de sua banda apresenta além de composições do novo álbum,  clássicos do seu repertório de boleros como ‘La Mentira’, de Alvaro Carrillo, bem como perólas brasileiras, entre elas ‘Foguete’, de Roque Ferreira.

O público poderá conferir de perto um pouco mais deste projeto que é o primeiro solo da espanhola que vive no Brasil há 5 anos. Trata-se de um projeto de 11 faixas produzido pelo arranjador, produtor e músico Swami Jr.

O álbum conta com 7 faixas autorais, incluindo a dançante carro-chefe Grãos de Sal, que tem a participação mais do que especial do consagrado Lenine. “O Lenine foi um presente para este disco de estreia. Fizemos o convite e pouco tempo depois tivemos a resposta positiva e carinhosa dele”.  Nas autorais há sete canções em português e espanhol como ‘Del mismo mar’ e ‘Sinais’, já nas regravações clássicos como ‘Peces de ciudad’, do espanhol Joaquin Sabina, e uma versão em espanhol de ‘O bem do Mar’, de Dorival Caymmi.

A escolha do repertório foi bem natural. “Tinha varias músicas minhas que queria reunir em um único trabalho e algumas outras que tinha vontade de gravar.  Após cinco anos morando no Brasil e participando de varios projetos, em estilos musicais muito diferentes, comecei a sentir falta de um meu”.

Boa música não requer rótulos, mas a cantora se encaixa no estilo world music, “musica do mundo”,  já que mistura influências de vários países por onde passou. “Queria manter a raíz ibérica e implementar sons brasileiros e latinos de um jeito bem sútil”.

O processo de gravação foi bem objetiva também, tudo foi feito no Space Blues, em São Paulo.  “Fizemos somente três ensaios e gravamos praticamente ao vivo, em um

ambiente de total harmonia, durante cinco dias”. A gravação e mixagem ficou por conta de Alexandre Fontanetti.

“O disco é o ponto de partida para uma nova etapa, onde cabe tudo o que eu quiser fazer, tudo o que eu sou”, finaliza.

Serviço:

Irene Atienza: Pré-lançamento do CD Salitre

Local: Estrella Galícia Estação Rio Verde – Rua Belmiro Braga, 119, Vila Madalena

Capacidade: 500 pessoas (Sujeito a Lotação)

Área de Fumante

Valores: Lote 1 – R$20,00; Lote 2 – R$30,00;  Porta R$40,00.

Aceita todos os cartões

Link Compra Ingressos: https://www.sympla.com.br/show-irene-atienza__228255

Informações: (11) 3459-5321

Videoclipe “Grãos de Sal” – Part. Lenine

https://www.youtube.com/watch?v=ti_Sk1_SJZo

Mais Sobre Irene Atienza:

 “Espanhola é uma das maiores promessas da temporada. Seu disco “Salitre” vem com uma força interpretativa incomum”.

Julio Maria – Caderno 2 / Estadão

Cantora e compositora, Irene Atienza é natural da Espanha. Lá, formou-se em piano pelo Conservatório Ataulfo Argenta, em Santander, e desde muito cedo compõe as próprias canções. A partir de 2007, apresenta-se nas principais casas de música de Barcelona, em espetáculos de diversos formatos que transitam principalmente entre o flamenco, o bolero e outros gêneros latino- americanos.

Nos anos seguintes, participa do Festival Internacional de Jazz de Barcelona e do Buenos Aires Festival Internacional de Música (BAFIM), além de percorrer diversas cidades da Europa em turnês com vários projetos musicais como Salón Princesa, Seis Melodías e La Hermana Pequeña.

Seu interesse e pesquisa sobre os gêneros da popular música brasileira levam a criação do Saravacalé, um grupo em parceria com músicos do Brasil, numa proposta que experimenta fundir o Flamenco à ritmos nacionais como o Samba, a Bossa Nova e o Choro. Em 2009, o grupo realiza sua primeira turnê pela Espanha apresentando-se em mais de quarenta cidades e festivais. Em 2011, o Saravacalé vêm para São Paulo, apresentar-se dentro do circuito SESC. Um ano depois, fazem nova turnê pelo Brasil, com sucesso de público e crítica.

Convidada pelo diretor Jayme Monjardim, se traslada a cidade do Rio de Janeiro durante varios meses para integrar o elenco da novela Flor do Caribe, da TV Globo, no ano 2013, cantando em cena e gravando faixas musicais para o programa. Em 2015 é convidada de novo pelo diretor para gravar a música “Años” do compositor cubano Pablo Milanés, que faz parte da trilha sonora da novela Sete Vidas, também da TV Globo.

No final de 2013 fixa sua residência em São Paulo e continua a aprofundar sua pesquisa nos ritmos brasileiros, principalmente no Samba e no Forró. Cria uma roda mensal chamada “Samba da Gringa” onde convida diversos músicos da cena paulistana e também participa de varias rodas,

gravações e shows junto com artistas como Renato Teixeira, Sérgio Reis, Moacyr Luz, Toninho Gerais, Barbatuques, Caraivana, Trio Dona Zefa ou o trio Lamérica.

Paralelamente participa como cantora flamenca nos espectáculos “Frida y sus mundos” (2011), “Juerga de Samba” (2012), “Terciopelo” (2013) e “Mais amor por favor” (2014) do Estudio Flamenco Ale Kalaf, no Teatro Folha de São Paulo, assim como cria seu próprio espectáculo flamenco “Con

Alma” que apresenta no auditorio do MIS, na sala Tom Jazz e na Casa das Rosas, dentro da programação da Virada Cultural de Saõ Paulo 2014.

Em 2016 o espetáculo “Con Alma” é seleccionado pela Secretaria de Cultura de São Paulo dentro do Circuito Cultural Paulista e realiza 14 apresentações en diversos teatros da cidade, contando com o apoio da Embaixada de Espanha no Brasil. Em 2017 conta de novo com o apoio a Secretaría de Cultura de São Paulo e realizam mais 6 apresentações.

Reconhecida pela comunidade espanhola no Brasil, Irene participa de diversos eventos do Consulado da Espanha em São Paulo, como a Travel Week ou o Festival Internacinal da Tapa, assim como eventos do Instituto Cervantes no Brasil. Em 2016 é convidada pelo Embaixador da Espanha para cantar no dia da Festa Nacional, organizada na embaixada de Brasilia.

Seu trabalho mais recente é o álbum Parcerias, junto com o violonista brasileiro Douglas Lora: um recorrido por clássicos do Bolero, do Choro, do Samba-canção e do Forró. O duo se formou em 2011 e desde esse ano vem se apresentando nas principais capitais brasileiras. Parcerias foi gravado em 2014 no estudio Casa do Som, em Brasília, e foi lançado no Clube do Choro de Brasília. Recentemente foi apresentado em turné pelos Estados Unidos (Washinton DC e Nova York), China (Beijing) e Espanha (Santander, Madrid e Barcelona). Atualmente se encontra em fase de lançamento do seu primeiro disco autoral, que tem por nome “Salitre”, producido pelo Swami Jr e que conta com a participação do cantor Lenine. Gravado em São Paulo entre Julho e Agosto de 2017 tem lançamento previsto para o primeiro semestre de 2018.

Com ele, Irene da inicio a una nova etapa na sua carreora.

Links Oficiais:

Fanpage: @ireneatienzamusica

Instagram: @ireneatienza_musica

Informações à imprensa:

Daniela Ribeiro – 11 9.9664.3441 – daniela@temperocultural.com.br

Posts Relacionados

Casa das Caldeiras divulga seu calendário de Artes Gratuita

‘Deixa Clarear’ faz curta temporada na Sala Baden Powell de 10 a 14 e janeiro

O espetáculo ‘Deixa Clarear, musical sobre Clara Nunes’ inicia 2018 com curta temporada na Sala Baden Powell