Como se candidatar ao ensino superior na França

Atenção: últimos dias para se candidatar para 1º ano de graduação e escolas de arquitetura na França
Dossiê eletrônico deve ser enviado por meio do site Campus France Brasil. Custo baixo é um dos principais atrativos do ensino superior no país europeu.

Quem está interessado em estudar na França no ano letivo 2017-2018 deve estar atento aos prazos para envio do dossiê via Campus France Brasil. As candidaturas para DAP Blanc (primeiro ano de graduação), DAP Jaune (escolas de arquitetura) e DUT (Diplôme Universitaire de Technologie) têm de ser encaminhadas até 18 de janeiro.

O Campus France Brasil, agência francesa para promoção do ensino superior, recebe os dossiês por meio de uma plataforma on-line. O acesso é feito pelo site www.brasil.campusfrance.org (quadro cinza, à direita). Para se candidatar, é necessário preencher um formulário com informações sobre os percursos acadêmico e profissional e também enviar documentos, motivações e outros anexos.

As candidaturas para segundo ou terceiro anos da licence (equivalente a graduação) e master (pós-graduação) permanecem abertas até março. As aulas no sistema de ensino superior na França têm início, normalmente, em setembro.
Estudantes e profissionais interessados em estudar no país europeu encontram o calendário oficial e os detalhes sobre o processo de candidatura no site do Campus France Brasil (link).

Benefícios para universitários
A França é o terceiro país mais procurado por estudantes em mobilidade universitária. Todos os anos, cerca de 300 mil estudantes estrangeiros são acolhidos pelas universidades e outras instituições de ensino superior francesas.
O custo relativamente baixo dos estudos na França é um dos principais fatores de escolha dos alunos estrangeiros. Todas as universidades são públicas e têm o mesmo nível de qualidade. O governo francês toma a seu cargo 90% do custo do ensino e não há distinção entre estudantes franceses e estrangeiros. Os brasileiros pagam a mesma taxa de matrícula que os franceses.

Categorias Valor estimado
Universidades 200 a 400 euros por ano
Escolas de Engenharia 600 euros por ano
Escolas de Arquitetura 400 a 900 euros por ano
Escolas privadas 5.000 a 12.000 euros por ano

Com o visto de estudante de longa duração, é possível trabalhar meio período.

Os alunos das instituições francesas ainda têm acesso a restaurantes universitários, auxílio-moradia e planos especiais para transporte. Além disso, os brasileiros que vão para a França podem se candidatar a mais de 200 programas de bolsa.

Sobre o Campus France
Presente em mais de 110 países, Campus France é a agência governamental francesa responsável pela promoção do ensino superior, o acolhimento e a mobilidade internacional. A agência é ligada aos ministérios franceses da Educação e das Relações Exteriores. No Brasil, está vinculada ao Serviço de Cooperação e de Ação Cultural da Embaixada da França.
A agência Campus France Brasil oferece orientação personalizada e gratuita aos interessados em estudar na França e também centraliza o procedimento de candidatura para grande parte das universidades do país europeu.

Posts Relacionados

Chega ao Brasil jornalista italiana que escreveu biografia de sudanesa condenada à morte

Vesper Trio se apresenta no Teatro Humboldt em Interlagos-SP

Aos 16 anos, surge uma nova e promissora escritora brasileira: Giovanna Farneti que acaba de lançar seu segundo livro