ENEM 2019 – Como estudar para a prova de matemática em poucos meses

24 de junho de 2019 Educação e Tecnologia
ENEM 2019 – Como estudar para a prova de matemática em poucos meses

ENEM 2019: Ainda dá tempo de se preparar para a prova de matemática; professor Ferretto dá dicas

Faltando pouco mais de 4 meses para a prova mais importante da educação brasileira, o Professor Ferretto – maior influenciador de matemática da América Latina -, ensina a organizar os estudos nessa reta final e garantir bom resultado

Prevista para os dias 3 e 10 de novembro deste ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) -uma das avaliações mais importantes da educação brasileira- passa a receber atenção de milhares de estudantes que ainda não se sentem preparados para a prova ou, simplesmente, ainda não iniciaram seus estudos no primeiro semestre do ano. Entre inúmeros motivos e questões culturais, a matemática ainda é uma das disciplinas mais “temidas” pelos estudantes de todo o país nesta fase.

Infelizmente, com a fragilidade do ensino no Brasil, a sensação de falta de conhecimento da disciplina se agrava entre os jovens. Dados divulgados em março pelo movimento Todos pela Educação* indicam que o aprendizado de matemática de estudantes do 3º ano do ensino médio caiu 0,7 ponto percentual (pp) entre 2007 e 2017, sendo que nas escolas públicas, a queda foi de 4 pp.

No entanto, os estudantes sabem da importância do ENEM e buscam alternativas capazes de “turbinar” a preparação para o exame, principalmente de matemática, e encarar este desafio com boas chances de sucesso. “Uma opção para sanar as dúvidas e dificuldades são os cursos online que, geralmente, estão disponíveis em plataformas, blogs e sites especializados e também canais no Youtube, favorecendo a organização e o planejamento de horários, metas e a prática de exercícios”, indica o Professor Ferretto.

O maior influenciador online de matemática da América Latina – com mais de 2 milhões de inscritos em seu canal no Youtube- lista estratégias para cobrir todos os pontos que podem ser cobrados na prova de matemática do ENEM:

        Comece pelo básico

De acordo com Ferretto, a melhor estratégia em relação ao início ou retomada dos estudos da matemática para o ENEM é começar pelas matérias básicas. “Os assuntos da matemática básica compõem um imenso percentual da prova do ENEM, já que ela é uma avaliação muito mais próxima do dia a dia do aluno, ou seja, as questões são contextualizadas utilizando as quatro operações, porcentagem e regra de três, temas muito cobrados e que, com pouco conhecimento, é possível desenvolver um grande número de questões e, consequentemente, obter uma pontuação elevada”, explica.

Neste sentido, Ferretto aponta que não existe um planejamento ideal, mas que sugere que o aluno invista nos assuntos propostos no 7º, 8º e 9º ano. “No meu canal no Youtube, disponibilizo uma playlist inteira de matemática básica que ajuda o aluno a fazer toda a revisão desse conteúdo gratuitamente”, comenta.

●        Organize seu tempo

A questão do quanto tempo estudar é uma dúvida comum entre os estudantes. Porém, Ferretto explica que isso é uma questão muito pessoal. “Algumas pessoas têm mais facilidade e preferem dedicar seu tempo somente resolvendo questões, outros preferem focar na parte mais teórica. O importante é que o aluno evite sobrecarregar o horário disponível, pois não cumprir uma meta diária pode ser um gatilho para desmotivar o restante da jornada”, diz.

Ele sugere criar pequenas e flexíveis metas diárias, assim o aluno poderá ir ampliando essa carga de estudos com o tempo, até chegar na prova do ENEM. “No início, é aconselhável reservar tempo para o aluno fazer uma atividade física ou cultural. Mas lembrando que, quando chegar perto da avaliação, será preciso intensificar os estudos e só depois retomar a vida normal”, pontua.

●        Defina um plano de estudos

Além das dicas simples como escolher um lugar tranquilo e silencioso, confortável e organizado, muitos estudantes perguntam se vale a pena ou não estudar em grupo. Para o professor Ferretto, isso depende de aluno para aluno, mas para ele, por exemplo, é um modelo que nunca funcionou.

“Isso é a opinião que quem já foi estudante, e foi aprovado em concursos federais e vestibulares concorridos. Eu sempre estudei sozinho, fazia o meu ritmo e o meu quadro de horários, estabelecia um tempo específico para a resolução de exercícios. Estudar em grupo dá espaço para conversas paralelas, desvio de foco, eu acho complicado, principalmente nessa reta final. Estamos há poucos meses da prova, então agora é cada um com seu foco”.

Para ele, o importante é que todos os estudantes tenham a oportunidades de tirar as dúvidas que surgirem. Quem frequenta cursinho presencial conta com horários com monitores de plantão para tirar suas dúvidas. Se o aluno faz um curso online, a própria plataforma também deve ter professores e monitores à disposição para esclarecer todo e qualquer ponto”, recomenda Ferretto.

        Estude, simule e pratique

Além da matemática básica, alguns outros assuntos são sempre cobrados e estão constantemente presentes na prova do ENEM. “Recomendo que o aluno foque na nas funções de 1º Grau, em análise combinatória e probabilidade, geometria plana e geometria espacial e questões de estatística, principalmente as medidas de tendência central que são moda, média e mediana; esses temas, com a matemática básica, representam 70% da prova”, avalia.

Sobre os simulados e resolução de exercícios, o professor esclarece que os alunos que ainda não estão preparados devem dosar bem esse tipo de prática. “Acredito que o estudante pode ficar resolvendo questões e simulados se ele já vem de outros anos estudando, neste caso, a prioridade é realmente fazer exercícios. Agora, se ele vem apenas de um ano de estudos ou começou agora, é muito importante focar na parte de conteúdo, entendendo bem as definições, propriedades e compreendendo e fixando bem tudo que foi apresentado presencialmente ou em vídeo aulas. Só a partir disso, o próximo e último passo seria resolver questões contextualizadas, que exigem interpretação, e também a parte conteudista da matemática”, pondera.

 

Sobre o Professor Ferretto: é o maior influenciador de matemática do Brasil, com mais de 2 milhões de inscritos no Youtube. O canal proporciona a milhares de estudantes a oportunidade de aprender e se desenvolver na matemática, desde o nível básico até a matemática do ensino superior. O acesso aos conteúdos do canal é gratuito, e também há cursos que podem ser adquiridos no site. Em seu blog, o professor também dá dicas para entender a matemática de forma prática e sem complicação.
Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.