Estudantes paulistas participam da semana presencial do Campus Mobile

6 de fevereiro de 2019 Atualidades
Estudantes paulistas participam da semana presencial do Campus Mobile

ESTUDANTES PAULISTAS PARTICIPAM DA SEMANA PRESENCIAL DO CAMPUS MOBILE 

Instituto NET Claro Embratel traz à São Paulo 158 jovens para aprimorarem os aplicativos desenvolvidos. Palestras, oficinas, apresentações e debates fazem parte da programação 

O Instituto NET Claro Embratel promove entre os dias 4 e 8 a semana presencial da etapa de desenvolvimento dos 64 projetos finalistas da 7ª edição do Campus Mobile. Os 158 estudantes, de 17 estados do país, acompanharão as diversas atividades propostas, como oficinas, apresentações e visitas a empresas.

Em São Paulo, o Campus Mobile contabilizou o recorde de projetos selecionados, em comparação com outros estados do país, com 19 soluções escolhidas. Na categoria Diversidade estão: Nossa Historia, de Kaue Ueda Silveira, Anayã Gimenes Ferreira e Rafael Gallo; DIVERSidade em ação, de Jéssica Caroline Dias Nascimento e Thiago Yonamine; uGarden, de Abimael Alves de Oliveira Neto, Arthur Dantas Pacheco dos Santos Lima e Arthur Tancredi de Azevedo Leite; Mãos Dadas, de Angelo Ardengue Rosolen Tessaro, João Vítor Vasconcelos Ponte e Rafael Farias Pinho; Moira, de Pedro Henrique Rampim Natali, Matheus Arataque Uema e Maria Luisa do Nascimento da Silva.

Em Educação temos os seguintes selecionados: Robosquadrão, de Gabriel Simmel Nascimento, Eleazar Fernando Braga e Óliver Savastano Becker; uma Plataforma Gamificada De Gestão De Dúvidas, idealizada por Yago Rafael Pessoa; Axioma, de Akari Ishikawa, Samuel Felipe Chenatti e Guilherme Alves Valarini; Sistema Interativo de Atividades – SAI, criado por Gabriel Tanasovici Nardy, Rafael Bastos Saito e Mariana Cavichioli Silva; HiSolver, de Yan Tadeu Kaled e Silva Barbosa, Ygor da Costa e Silva e Daniel Santos Marques Válio; Fila Fácil, de Lucas Cavalcante de Barros, Eduardo de Almeida Oliveira e Luan Sobreira Eustáquio de Oliveira; E a aplicação Codex Libras, de Fabrício Guedes Faria, Gabriel Arantes de Lima e Silva e Michelle Wingter da Silva.

Já em solução de Smart Cities os escolhidos são: BRiD, de Vitor Santa Rosa Gomes, Pedro Leyton Pereira e Andrew Ijano Lopes; EcoMUV, de Guilherme Furlan, Mariana Tostes Lourenço e Gabriel Ryo Hioki; We Matter!, de Ana Beatriz de Almeida Carrea e Jonathan Costa Alves de Souza; SóExcursões, de Alan Henrique Paura e Guilherme Oliveira dos Santos; E a plataforma NFC HealthCsre, de Ramon Lacava Gutierrez Gonçales, Natália Akina Uesugi e Leonardo Martins de Oliveira.

Outra categoria de destaque foi Smart Farms com os seguintes projetos: Ubaia, criada por Daniel Lucio Masselani de Moura, Lucas Heidy Tuguimoto Garcia e Vinicius Henrique dos Santos Carvalho; E o aplicativo de Sistema De Gerenciamento Para Mapeamento Aéreo Compartilhado De Zonas Rurais, dos alunos Gustavo Bonomo Guimarães e Alexandre Esteves Fundão Claro.

Ao final da semana, serão definidos os três finalistas de cada categoria, que avançarão para a fase final do programa. Os projetos vencedores serão premiados com uma viagem de imersão ao Vale do Silício, promovida pelo Instituto NET Claro Embratel.  O evento de encerramento da semana presencial do Campus Mobile será transmitido ao vivo pelo canal oficial do Campus Mobile no YouTube (https://www.youtube.com/user/ClaroCampusMobile), na sexta-feira, 8 de fevereiro, a partir das 10 horas.

SOBRE O INSTITUTO NET CLARO EMBRATEL

A área de Responsabilidade Social do Grupo Claro, composta pelas marcas NET, Claro e Embratel, investe continuamente em ações relacionadas à Educação e à Cidadania, por meio do Instituto NET Claro Embratel, com o objetivo de atuar em frentes sociais que integram a tecnologia e a informação como fonte de desenvolvimento e conhecimento. Desta forma, realiza e apoia projetos como o Campus Mobile, o Educonex@o, o Programa Dupla Escola, entre outros. O Instituto NET Claro Embratel é qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Ministério da Justiça, e é reconhecido pelo Departamento de Informação Pública das Nações Unidas (DPI/ONU) como uma organização não governamental corporativa que promove os ideais e princípios sustentados pela Carta das Nações Unidas. Além disso, através de sua Plataforma Institucional, as marcas NET, Claro e Embratel propõem a conexão entre as pessoas para a construção de um amanhã gigante. O movimento é parte de uma inciativa que aborda a gestão corporativa e manifesta o compromisso com a sociedade. Entre as iniciativas estão os Theatros NET São Paulo e Rio de Janeiro, Estação NET Cinema, NET Live Brasília, entre outros. Conheça outras realizações no Relatório Social de 2017 do Instituto: https://www.institutonetclaroembratel.org.br/wp-content/uploads/relatorio-social/2017/mobile/index.html#p=52

Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.