Exposição inédita conta a história da modernização do mobiliário no Brasil

3 de setembro de 2019 Artes e Cultura
Exposição inédita conta a história da modernização do mobiliário no Brasil

Exposição inédita conta a história da modernização do mobiliário no Brasil

Com entrada gratuita, a mostra contextualiza a história do mobiliário brasileiro e destaca a importância de Carlo Hauner e Martin Eisler na trajetória do design nacional

O Museu Belas Artes de São Paulo, MUBA, do Centro universitário Belas Artes, recebe a mostra Carlo Hauner, Martin Eisler e a modernização do móvel no Brasil. Serão 30 mobiliários originais, muitos deles ainda desconhecidas pelo grande público; Além destes, peças icônicas como as poltronas Costela e Reversível estarão expostas. Em uma das salas, uma instalação em vídeo apresentará alguns dos processos de restauros realizados nos móveis. Com estrutura de ferro pintado, pés de latão e revestimento em linho, a poltrona Reversível de Martin Eisler estará disponível ao público para experiência. Talks e performances sobre temáticas relacionadas ao design também farão parte da programação.

Seja pela variedade de matéria-prima ou pela criatividade dos profissionais, o design brasileiro é reconhecido mundialmente. A história da produção nacional se faz a partir de dois grandes nomes: Carlo Hauner e Martin Eisler, que tem vasta contribuição no desenvolvimento da linguagem do móvel moderno no Brasil. Em 1951, Carlo comprou a fábrica da renomada arquiteta modernista Lina Bo Bardi e começou ali a sua produção. Pouco tempo depois, Martin se tornou sócio de Hauner e em meados de 1960, conseguiram juntos uma licença de fabricação que os permitia trazer para o país as mais modernas peças do design internacional.

A exposição tem a curadoria de Isabela Milagre, arquiteta fundadora da Bossa Furniture, marca sediada em Nova Iorque que comercializa mobiliário brasileiro para diversos países. “Meu envolvimento com a temática do móvel moderno partiu de uma pesquisa acadêmica sobre Arquitetura e Design Moderno Brasileiro, dentro de uma perspectiva mais crítica;  a ideia era entender quais aspectos tornavam a produção brasileira tão única, distinta da produção internacional”, contextualiza a curadora. “O interesse despertado durante as pesquisas na faculdade trouxeram luz para um novo negócio; comercialização do design brasileiro para o mercado internacional. Com mais dois sócios investidores envolvidos em exportação, começou a Bossa Furniture, que hoje possui um dos maiores acervos de designers brasileiros do mercado”, completa Isabela.

Carlo Hauner, Martin Eisler e a modernização do móvel no Brasil é uma realização da Bossa Furniture que, além da curadoria de Isabela Milagre, conta com a consultoria de Mina Warchavchik Hugerth, arquiteta e autora de grande referência no setor de design de mobiliário.

Serviço

 

MUBA

Rua Dr. Álvaro Alvim, 76 – Vila Mariana, São Paulo – SP

Abertura

domingo, 18 de agosto

Visitação

de segunda a sexta, das 10h às 20h

aos sábados das 10h às 16h

Período

Até 14 de setembro

Entrada Gratuita


Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.