Fun Music 2017 abre inscrições para a 10ª edição do maior festival de música universitária do País

Em edição de comemoração, taxa de inscrição será de R$10

A partir do dia 2 de junho, compositores universitários de todo o País poderão inscrever suas músicas no Fun Music, o maior festival de música universitária do Brasil. A 10ª edição do evento passará por 12 cidades e contará com nove etapas classificatórias, duas semifinais e a finalíssima, que serão realizadas entre os meses de agosto e dezembro. Como nas últimas edições, renomados nomes da música brasileira, comandados por Juca Novaes, irão julgar os concorrentes. Fazem parte da banca Sonekka, Carlos Rennó e Tavito. E a grande novidade para os 10 anos é a presença de Sabrina Parlatore, a primeira mulher a compor o grupo de jurados e que chega para suprir a vaga de Kid Vinil.

Inspirado nos grandes festivais dos anos 60, 70 e 80, o Fun Music – Festival Universitário de Música foi idealizado por Luciano Samarco, CEO da Agência Trunfo. O festival tem como principal objetivo promover a criatividade musical e ser uma plataforma de expressão para que o jovem possa exibir todo o seu potencial por meio das composições. “O intuito é promover a interação social nas cidades sede. Além disso, incentivamos as inscrições locais e geramos expectativa com relação aos grandes shows de cada etapa. Há dez anos apresentamos novos talentos e proporcionamos muita diversão em diferentes estados brasileiros, estimulando jovens a mostrarem seu estilo, ritmo e musicalidade”, relata Luciano Samarco.

O idealizador também explica que o Fun Music é um evento de música inédita, pois o intuito do festival é valorizar as canções brasileiras e revelar novos talentos para o mercado profissional. Ou seja, abrir um canal de expressão e oportunidade para milhares de compositores, já que a banda pode acabar um dia, mas a música permanece eterna. A cada edição, o festival recebe mais adesões. Para este ano são esperadas mais de 300 músicas inscritas e um público estimado de 100 mil espectadores.

As inscrições e o upload das músicas deverão ser feitos na Internet por meio dos sites www.funmusic.com.br ou www.festivaluniversitario.com.br até o dia 15 de julho. Para participar é preciso que pelo menos 1 integrante esteja  matriculado em uma Universidade. As composições inscritas, todas em português, poderão ser apresentadas, a critério dos autores, por intérpretes solo ou em grupos com no máximo oito componentes, sendo que pelo menos um deles deve ser estudante do Ensino Superior. Cada compositor-autor poderá realizar uma inscrição, que dará o direito a concorrer com até duas obras na seleção do júri. Em comemoração aos dez anos do festival, a taxa de inscrição será de R$ 10.

O público também vai poder escolher e votar nas músicas que mais gostou de ouvir no site oficial do festival. Outra novidade é que três canções, mesmo que eliminadas nas classificatórias, poderão voltar à disputa. “O Fun Music é e sempre será uma disputa justa. Pensando nisso e escutando a opinião dos jurados resolvemos abrir a repescagem“, explica o executivo da Agência Trunfo.

As etapas vão percorrer em diversas cidades dos estados de SP, RJ, PR e MG. Vale lembrar que não é preciso morar na cidade para concorrer. Os autores das três melhores músicas selecionadas na final vão ganhar, respectivamente, prêmios de R$ 20 mil, R$ 12 mil e R$ 8 mil. O Fun Music conta com incentivo fiscal aos patrocinadores por meio da Lei Rouanet (federal) e Proac (estadual).

Sobre os jurados:

Sabrina Parlatore

Modelo, cantora e apresentadora, Sabrina começou a carreira aos 16 anos como modelo e é a primeira mulher a compor a banca de jurados do Fun Music. Em 1995, foi convidada para fazer um teste na MTV Brasil e foi aprovada para apresentar o Non Stop. Daí em diante, ainda na emissora, apresentou o Disk MTV, Resposta MTV, Suor MTV e Luau MTV. Em 2000, mudou para a TV Bandeirantes para comandar os programas Território Livre, Super Positivo, Deu Praia e Clipmania. Em 2005 foi para a TV Cultura, como apresentadora do programa Vitrine ao lado de Rodrigo Rodrigues. Em 2011, Sabrina assinou contrato com o canal Glitz* e passou a apresentar o “Update”. Entre 2011 e 2014 apresentou também o red carpet do Oscar para o canal TNT. Neste mesmo ano, estreou como cantora, tendo feito aproximadamente 40 shows da turnê “De Gershwin a Tom Jobim”, cantando standards do jazz, da bossa nova e da MPB.

Juca Novaes

Cantor. Compositor. Produtor musical. Revelou artistas como Lenine, Chico César, Zeca Baleiro, Jorge Vercilo, Celso Viáfora, Moacyr Luz, Rafael Altério, Rita Ribeiro e Virginia Rosa. É o criador do projeto Trovadores Urbanos e Diretor do ABRAMUS, Associação Brasileira dos Músicos.

Carlos Rennó

Carlos Rennó é letrista, produtor e jornalista. Tem músicas com Lenine, Gilberto Gil, Tom Zé, João Bosco, Chico César, Rita Lee e Arnaldo Antunes, entre outros. Colabora com alguns grandes jornais e revistas brasileiros, como a “Folha de S.Paulo”, escrevendo sobre música. Assina a série de sites “Os Inventores da Música Brasileira”, no portal UOL.

 

Sonekka

Sonekka é dos mais importantes compositores da música independente paulistana, tem cerca de 900 músicas compostas nos mais diversos estilos. Entre seus inúmeros parceiros, figuram artistas como Zé Rodrix, Paulinho Tapajós e letristas como Zé Edu Camargo e Alexandre Lemos.  Atualmente dirige o Clube Caiubi de Compositores com mais de 4000 membros no Brasil e no exterior e gerencia o Portal da Revista Exame, onde também escreve sobre tecnologia.

Tavito

Tavito é o nome artístico de Luís Otávio de Melo Carvalho, músico e compositor brasileiro. Ele ganhou seu primeiro violão aos 13 anos. Autodidata, começou a participar de serenatas e festas. Foi companheiro de geração de Milton Nascimento e de outros músicos mineiros, como Toninho Horta, Tavinho Moura e Nelson Angelo. Em 1965 conheceu Vinícius de Morais, que apreciou o estilo de Tavito e o convidou a participar das apresentações na capital mineira. Mais tarde, participou do conjunto Som Imaginário e no final da década de 1970 seguiu carreira solo. Produziu discos de alguns artistas  como Marcos Valle, Renato Teixeira, Selma Reis e Sá & Guarabyra.

SERVIÇO:

Inscrições: de 2 de junho a 15 de julho pelo portal www.funmusic.com.br e www.festivaluniversitario.com.br

Quem pode participar: Compositores que estejam matriculados em qualquer curso universitário durante o ano de 2017. Em caso de grupos, pelo menos um integrante deve ser universitário e estar devidamente matriculado.

Modalidades: Música de todos os gêneros. Só serão aceitas letras em português.

Taxa de Inscrição: R$ 10 para duas obras.

Fases: Audição das músicas inscritas e triagem 2ª quinzena de julho. Banca irá selecionar 45 obras. Publicação das obras selecionadas e locais das apresentações início da 1ª quinzena de agosto;

Eliminatórias: A partir da segunda quinzena de agosto. Os eventos serão realizados em nove cidades, onde acontecerão as apresentações das obras inscritas para a avaliação da comissão julgadora.

Semifinais: novembro. As nove obras selecionadas irão se apresentar juntamente com três escolhidas na repescagem em duas semifinais. Etapa também avaliada pela banca examinadora que irá escolher quatro canções para a final.

Final: a música escolhida pela votação popular irá se juntar as quatro já classificadas. Das cinco, apenas três serão premiadas no início de dezembro.

* A agenda poderá sofrer alteração segundo critérios da organização do evento sem prévio aviso, com novas datas postadas no site do festival.

Posts Relacionados

Teatro: Seu beijo vale um ingresso

‘Real – O Plano Por Trás da História’ ganha trailer com música dos Titãs

Raimundos lança DVD Acústico em São Paulo