Jovens Empreendedores: A coragem necessária para remar contra a maré

6 de abril de 2019 Atualidades, Profissões e Estágios
Jovens Empreendedores: A coragem necessária para remar contra a maré

Jovens Empreendedores: A coragem necessária para remar contra a maré

Eles fazem parte de uma significativa parcela dentro do universo de cinquenta milhões de jovens brasileiros que, movidos por uma determinação e coragem empreendedora fora do comum, se arriscam desde cedo a criarem seus próprios negócios sem passar por outras experiências de gestão anterior ou mesmo sem ter experimentado o processo de uma startup; O aprendizado é realizado no suor, na prática e na raça. André Bertolino e Thiago Valls hoje com 26 e 32 anos respectivamente, moradores de São Carlos, uma das principais cidades do interior paulista, resolveram deixar para trás a segurança de um emprego com carteira assinada e partiram há quase seis anos para uma insólita experiência comercial ao criarem o primeiro negócio: uma pequena empresa(MEI) focada em desenvolvimento de websites, hoje transformada em competente Agência de Marketing Digital, de médio porte, atendendo clientes do Brasil inteiro.

O rito de passagem porém não foi um processo tão fácil quanto o de terem colocado um sonho em pé. Os percalços foram muitos, desde a inexperiência na formatação e cálculo de preços. Como também a baixa demanda inicial de clientes, o índice de inadimplência da carteira de clientes que consumia boa parte da receita inicial, a concorrência acirrada com empresas similares e profissionais freelancers. Porém o talento, a garra e a determinação foram fundamentais para que esses desafios fossem vencidos com galhardia.

Esse aprendizado conferiu aos jovens empreendedores uma expertise que se transformou no “pulo do gato” para novos voos. E foi assim que, dentro da própria agência eles descobriram novos nichos de negócios.

Hoje, além de cuidarem da atividade fim, eles também desenvolvem micro sistemas para soluções práticas e pontuais de tarefas repetitivas para empresas, como o gerenciamento de locações de mobiliário e de Clubes de Poker.

Um Espírito Empreendedor Aguçado

Valendo-se do espírito empreendedor aguçado, os jovens empresários aproveitaram a confortável estrutura da sede da empresa e criaram uma loja virtual(E-commerce) de cosméticos, artigos e acessórios voltados ao efervescente universo masculino antenado e moderno; Assim surgiu a Pro Homine que além de comercializar produtos de marcas conhecidas nacional e internacionalmente em pouquíssimo tempo conquistou clientes de norte a sul do país e vem operando com surpreendente e inesperado crescimento, lançando também produtos e objetos de luxo com sua própria marca.

Questionados sobre o que esperam do futuro e de como classificam essa caminhada empreendedora, os empresários ressaltam que a coragem e a capacidade de adaptação às circunstâncias em constante movimento do mercado corporativo, aliadas a uma boa dose de ousadia e determinação, são as peças fundamentais para todo empreendedor.

Sobre o Futuro

Sobre o futuro, eles acreditam que tudo o que for voltado à tecnologia e suas novas ferramentas de interação com o mundo dos negócios estará fadado ao sucesso, pois o planeta está a cada dia sendo envolvido pela comunicação digital em seus diferentes nichos e segmentos.

Crescendo cerca de dez por cento ao ano, um índice muito satisfatório se considerarmos que a maioria das pequenas empresas brasileiras morrem antes de completarem dois anos de existência, pode-se atestar que as empresas atreladas ao Grupo Trinity tem fôlego para longos e frutíferos voos em céus de brigadeiro.

Ao olhar para trás, analisando o caminho percorrido até aqui, os jovens empresários sentem-se orgulhosos por terem tido a coragem de remar contra a maré quando o momento pedia estabilidade profissional e terem abandonado a pseudo segurança de um emprego com carteira assinada trocando um plano de crescimento profissional dentro de alguma das empresas locais para criarem a própria empresa, jovem, moderna, futurista, estruturada sobre as metas pessoais de uma vida com mais conforto e menos pressão, com mais alegria e menos tensão, onde lhes fosse possível ganhar dinheiro, mas principalmente interagir com o mundo com muito mais qualidade de vida.

Ser empreendedor para eles(e para muitos) é trabalhar o dobro, tendo o triplo de alegria e satisfação; Com tudo isso, ainda encontram tempo para futebol semanal com os amigos, praticarem trabalhos sociais, participarem de cursos e eventos em todo o Brasil, ministrarem palestras voltadas à profissão, sem abrir mão do aconchego e do conforto familiar.

Foi uma troca que valeu muito a pena, segundo eles, que prometem continuar investindo em novas oportunidades dentro e fora da empresa.

CONHEÇA MELHOR

Agência Trinity

https://agenciatw.com.br

Pro Homine

https://prohomine.com.br


Por: Dema de Francisco


Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.