Liberdade em cena apresenta leitura dramática de Gota D’Água – De Chico Buarque e Paulo Pontes

Liberdade em cena apresenta leitura dramática de Gota D’Água

De Chico Buarque e Paulo Pontes

Canções de Chico Buarque fazem parte da leitura, executadas ao vivo pelos músicos Jean Garfunkel, Betinho Sodré e Pratinha Saraiva.

Liberdade em cena é um projeto do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc em parceria com o Observatório de Comunicação e Expressão e Censura (OBCOM) da ECA/USP, que tem como proposta apresentar, durante o ano de 2018, as histórias, obras e autores que configuraram a cena teatral brasileira a partir do século XX, por meio de leituras dramáticas seguidas de debate.

São peças e autores que percorrem o século XX e suas transformações dramatúrgicas, abrangendo diversas questões nacionais e abordando as contribuições e inovações da obra à dramaturgia e ao espetáculo teatral brasileiro. A ideia é trazer ao público essas obras e discutir sobre sua mensagem e conteúdo, assim como averiguar a importância que elas têm hoje e as razões para a sua marcante presença nos palcos brasileiros. No mês de junho, a peça a ser apresentada será Gota D’Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes, no dia 30.

Sobre a peça

Gota D’Água é uma peça teatral musical escrita em 1975. É uma adaptação da tragédia grega Medeia, ambientada no Rio de Janeiro, retratando as dificuldades enfrentadas pelos moradores do Conjunto Habitacional “Vila do Meio Dia”, que são explorados por Creonte, dono dos imóveis. Ali habitam há 10 anos Joana e Jasão com seus dois filhos. Jasão é músico e ambicioso e compõe o samba “Gota D’Água”, que faz sucesso tocando nas rádios. Jasão, então, deixa a mulher para casar-se com Alma, filha de Creonte. Para vingar-se, a exemplo da personagem original, Medeia, Joana envenena os dois filhos e se mata. Os corpos são depositados aos pés de Jasão, na festa de seu casamento.

Músicas de Chico Buarque

Para a leitura dramática que acontece no CPF Sesc, no dia 30 de junho, foram convidados os atores Adriana Dahm, André Kirmayr, Bruno Giordano, Carlos Palma, Cibele Troyano, David Kullock, Dirce Couto, Evinha Sampaio, Fabio Acorsi, Fatima Ribeiro, Fauston Della Flora, Margot Lohn Kullock, Paulo Paixão, Ricardo Hussni e Tania Maalouf. Canções de Chico Buarque fazem parte da leitura, executadas ao vivo pelos músicos Jean Garfunkel, Betinho Sodré e Pratinha Saraiva.

Liberdade em cena – Gota d’Água

Autor: Chico Buarque e Paulo Pontes

Diretor: Roberto Ascar
Elenco: Adriana Dahm, André Kirmayr, Bruno Giordano, Carlos Palma, Cibele Troyano, David Kullock, Dirce Couto, Evinha Sampaio, Fabio Acorsi, Fatima Ribeiro, Fauston Della Flora, Margot Lohn Kullock, Paulo Paixão, Ricardo Hussni, Tania Maalouf.
Músico: 
Jean Garfunkel, Betinho Sodré, Pratinha Saraiva

Coordenação: Cristina Costa
Coordenação de Dramaturgia: Renata Pallottini

Realização: Centro de Pesquisa e Formação do Sesc

Parceria: Observatório de Comunicação e Expressão e Censura (OBCOM) – ECA/USP

Produção Artística: Blessa Cenografia e Eventos

Debatedoras:

Georgette Fadel: Diretora e atriz

Cecilia Furquim: Professora, pesquisadora, poeta e tradutora

Mediador: Edson Martins Moraes: mestre em artes visuais pelo Instituto de Artes da UNESP, compõe a equipe de programação do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc.

Serviço:

Dia 30 de junho de 2018. Sábado, das 14h30 às 17h30.

Recomendação etária: 16 anos. Número de vagas: 70.

Inscrições gratuitas na Central de Atendimento ou pelo site. Limitadas à capacidade do espaço. Serviço de van até a estação de metrô Trianon-Masp, de segunda a sexta, às 21h30, 21h45 e 22h05, para participantes das atividades.

Centro de Pesquisa e Formação – CPF Sesc

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar.

Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 22h. Sábados, das 9h30 18h30.

Tel: 3254-5600

Sobre o CPF-Sesc

Inaugurado em agosto de 2012, o Centro de Pesquisa e  Formação do Sesc é uma unidade do Sesc São Paulo voltada para a produção de conhecimento, formação e difusão e tem o objetivo de estimular ações  e desenvolver estudos nos campos cultural e socioeducativo.

Além do Curso Sesc de Gestão Cultural – que visa a qualificação para a gestão cultural de profissionais atuantes no campo das Artes, tanto de instituições públicas como privadas – a unidade proporciona o acesso à cultura de forma ampla, tematicamente, por meio de cursos, palestras, oficinas, bate-papos, debates e encontros nas diversas áreas que compreendem a ação da entidade, como artes plásticas e visuais, ciências sociais, comportamento contemporâneo e cotidiano, filosofia, história, literatura e artes cênicas.

Posts Relacionados

“A menina da foto” — autobiografia de Kim Phuc Phan Thi é lançada em português

Zélia Gattai terá sua trajetória narrada em novo projeto de série para o Curta!

Se não eu, quem vai fazer você feliz?, de Graziela Gonçalves