Livro vira tema de enredo da Salgueiro

25 de agosto de 2019 Artes e Cultura
Livro vira tema de enredo da Salgueiro

História do primeiro palhaço negro no brasil vira livro na Estrela Cultural e tema do enredo da Escola de Samba Salgueiro em 2020

A Bienal do Livro no Rio de Janeiro contará com lançamento de obra exclusiva e apresentação dos Aprendizes do Salgueiro, projeto social mantido pela escola 9 vezes campeã do Carnaval carioca. Confira

O primeiro fim de semana da Bienal do Livro no Rio de Janeiro, 31 de agosto, está reservado para um verdadeiro show de cultura. No palco do pavilhão infantil, em frente ao estande da Editora Estrela Cultural, ocorrerá o lançamento oficial da obra “Grande Circo Favela” inspirada na história de Benjamin de Oliveira, o primeiro palhaço negro do Brasil. Os 150 anos de seu nascimento serão celebrados também no carnaval de 2020 no maior palco a céu aberto do planeta, a Marquês de Sapucaí, no enredo “O Rei Negro do Picadeiro”, desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza para os Acadêmicos do Salgueiro.

Em uma verdadeira integração cultural, crianças do projeto Aprendizes do Salgueiro, farão uma apresentação às 16h30 levando o samba para a Bienal, algo inédito dentro do evento. A Bateria Furiosinha, formada por jovens entre 07 e 17 anos, além de cantores mirins, celebrarão o lançamento da obra de Otávio Junior, cujo personagem principal, a menina Ju, vai em busca da realização dos seus sonhos ao lado do amigo, o palhaço Mingau, que trocou a alegria pela tristeza depois que o circo no qual trabalhava fechou. Perdido, ele perambula pela cidade até chegar à favela onde mora Ju. Ela, que nunca havia visto um palhaço de perto, tem uma grande ideia que surpreenderá a todos. Ao final, o leitor terá uma incrível revelação nessa história que transborda superação e solidariedade. Essa obra encantadora conta com as lindas ilustrações de Roberta Nunes, que por meio de seus desenhos dá vida ao livro e enche de alegria aos olhos de quem o lê.

Sobre o autor: Carioca do subúrbio, Otávio iniciou oficialmente suas pesquisas relacionadas à promoção da leitura em 2007. Criou o projeto “Ler é 10 – Leia Favela” para permitir que crianças de comunidades carentes tenham acesso ao livro e à leitura. Atualmente, estuda práticas educativas, aprendizagem criativa, games e narrativas audiovisuais. Escreve contos, roteiros de histórias em quadrinhos e poemas infantojuvenis. Sonha em criar um parque de diversões educativo e uma biblioteca futurista.

Sobre a ilustradora: Roberta Nunes é carioca, designer gráfico, ilustradora e, atualmente, cursa especialização em literatura infantojuvenil na Universidade Federal Fluminense (uff). Gosta de dar forma às histórias, como em Que cabelo é esse, Bela?, de Simone Mota; e no quadrinho Água do feijão, que ganhou o concurso realizado pela Festa Literária das Periferias (flup) em parceria com o consulado da França.

Serviço do evento:
Bienal do Livro Rio 2019
Pavilhão Laranja – Infantil, em frente ao estande da Editora Estrela Cultural
Atividade: Lançamento do livro Grande circo favela e apresentação da bateria-mirim da Escola de samba Salgueiro
Autor
: Otávio Jr.
Dia: 31/08/2019
Horário: 
16h30 às 17h


Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.