Mentoria para empreendedorismo de sucesso

6 de maio de 2019 Negócios & Empreendedorismo
Mentoria para empreendedorismo de sucesso

Mentoria para empreendedorismo de sucesso

Jovens são apostas nesse segmento, mas ainda enfrentam dificuldades para solidificar seus negócios

Crédito: Uarlen Valério/Divulgação 

Muito se fala da dificuldade de abrir micro e pequenas empresas no Brasil e da falta de interesse dos jovens em trabalhar. Entretanto, a juventude empreendedora está se destacando, cada vez mais, no mercado com ideias inovadoras. Segundo pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM) feita em 2017, 15,7 milhões de pessoas, entre 18 e 34 anos, foram responsáveis por empreendimentos em estágio inicial (fase da sobrevivência, quando as decisões se concentram em uma ou poucas pessoas).

Esse número pode estar relacionado à crise econômica, que impulsionou as pessoas a buscarem alternativas à falta de oportunidades de trabalho. Entretanto, gerir uma iniciativa requer treinamento especializado, algo que ainda é novo para os jovens. O que pode ser reforçado pelo número baixo de empresas estabelecidas dentro dessa faixa etária (18 a 34 anos), que é de apenas 5,1 milhões, ou seja, um terço menor que o valor dos empreendedores em estágio inicial.

Diante disso, o empreendedor Flávio Vinte, listado pela Forbes como um dos jovens abaixo dos 30 anos mais influentes do País, destaca a importância da mentoria no mundo dos negócios. “Não existe uma solução única para todos os tipos de negócios, cada situação exige uma prática diferenciada. Ter um acompanhamento personalizado permite que a chance de sucesso seja maximizada e que seu negócio dê certo”, comenta.

As corporações situadas em países desenvolvidos, já entenderam os benefícios que a mentoria proporciona para a gestão. Segundo pesquisa feita pela Bristol University em 2016, 88% das organizações no Reino Unido utilizam o serviço de coaching. Nos Estados Unidos, a atividade movimentou cerca de 2,5 bilhões de dólares no mesmo ano.

Flávio que também é palestrante, vê com boas expectativas a relação da mentoria com o empreendedorismo no Brasil. “Os números das empresas estrangeiras falam por si só. Aqui estamos começando a implantar esse serviço, que pode ser chave para que os negócios sejam mais duradouros e sólidos. Nas minhas palestras sempre destaco isso. E acredito que o jovem empreendedor pode e deve contribuir para melhorar os números do setor no País”, conclui.

Flávio participou de um programa de mentoria no passado e para ele, a experiência foi essencial para sua carreira. “A mentoria é uma etapa muito importante na jornada de um empreendedor, seja no início do negócio ou mesmo quando ele já existe. É um método de transmissão de conhecimentos e experiências, que oferece suporte para o desenvolvimento das habilidades do profissional”, avalia.

Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.