No Teatro CIEE, representantes de candidatos à presidência debatem como inserir o jovem na economia

No Teatro CIEE, representantes de candidatos à presidência debatem como inserir o jovem na economia

Mediado pelo jornalista William Waack, evento reuniu Christian Lohbauer (Novo), José Márcio Camargo (MDB), Márcio Pochmann (PT) e Pérsio Arida (PSDB)

A inserção do jovem na economia foi tema de um debate realizado no Teatro CIEE. Mediado pelo jornalista William Waack, o encontro reuniu Christian Lohbauer (Novo), José Márcio Camargo (MDB), Márcio Pochmann (PT) e Pérsio Arida (PSDB).

Na primeira parte, as perguntas foram focadas em propostas para estimular a absorção do jovens pelo mundo do trabalho e legislação da aprendizagem. Em seguida, questões envolvendo projetos sociais e o papel da filantropia sob a ótica de cada candidato. No fim, os representantes responderam perguntas da plateia e de internautas que acompanhavam o debate pelas redes sociais do CIEE.

“Foi um debate intenso. Temos uma encruzilhada política no Brasil. As perspectivas são muito preocupantes para tirar o Brasil da situação em que se encontra. Para o jovem, é uma época muito difícil de crise agora mais profunda, porque ela é estrutural”, disse Christian Lohbauer, do Novo.

“Em todos os países do mundo, a taxa de desemprego dos jovens é maior do que a da restante da população. Algumas reformas implementadas têm ajudado a diminuir esse problema. No passado, era muito mais difícil um jovem empreender”, afirmou José Márcio Camargo, do MDB.

“Esse encontro foi uma boa possibilidade de entender que a decisão política significa um Brasil que o jovem está ajudando a escolher. Não vejo outra alternativa para dar ao jovem a possibilidade de interagir com o mundo da política”, explicou Márcio Pochmann, do PT.

“É preciso adaptar o currículo do jovem ao que o mercado precisa em suas regiões específicas. Essa mudança só acontecerá com a reforma do ensino médio, que tem que focar em conteúdos interessantes e também aumentar a empregabilidade dessa população”, propôs Pérsio Arida, do PSDB.

Na avaliação do superintendente Geral do CIEE, Humberto Casagrande Neto, o debate de ideias foi positivo. “Trata-se de um momento importante para dar a oportunidade de acesso a mais informações. Uma informação sem filtro, uma informação direta da fonte. Isso vai possibilitar que eles consigam avaliar melhor as propostas dos candidatos para fazer sua opção de voto”, concluiu.

Sobre o CIEE

Desde sua fundação, há 54 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de 200 mil estudantes e a aprendizagem de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltadas à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações vulneráveis.

Acompanhe o CIEE pelas mídias sociais: Facebook,Instagram, Twitter, YouTube e Linkedin.

www.ciee.org.br

Crédito da imagem: CIEE Divulgação/Edith Schmidt

Posts Relacionados

Secretaria Municipal de Cultura recebe propostas artísticas para a 15ª edição da Virada Cultural até 16 de dezembro

Lançamento Geek em SP: escritora Jadna Alana apresenta obra dia 16/12

Atriz Sienna Belle recebe homenagem no Prêmio Destaque Imprensa Digital 2018