O Teatro do Absurdo grátis no Sesc Consolação

1 de outubro de 2019 Teatro, TV e Cinema
O Teatro do Absurdo grátis no Sesc Consolação

O Teatro do Absurdo grátis no Sesc Consolação

Quinta leitura da temporada apresenta peça de Fernando Arrabal

Em seu 13º ano, o programa “7 Leituras, 7 Autores, 7 Diretores”, concebido e dirigido por Eugênia Thereza de Andrade, fala sobre o Teatro do Absurdo. Após textos de Eugène Ionesco (maio), Tom Stoppard (junho), Caryl Churchill (julho) e Samuel Beckett (agosto), a quinta apresentação deste ano, dirigida por Oswaldo Mendes, será no dia 24 de setembro, terça-feira, às 19h30, com a peça Piquenique no Front, do autor espanhol mais encenado no mundo atualmente Fernando Arrabal. Todas as apresentações acontecem no Teatro Anchieta e tem entrada gratuita.

O termo Teatro do Absurdo foi criado pelo crítico Martin Esslin (1918-2002) na década de 60. A intenção era agrupar, sob esta designação, as obras dramáticas do pós-guerra que colocavam em evidência o nonsense da vida cotidiana, a incomunicabilidade generalizada e, em suma, o absurdo da vida contemporânea, que se caracteriza pela fragmentação da personalidade e a busca inútil e incessante de algum sentido na existência.

Para o poeta Frederico Barbosa, responsável pela seleção dos textos da temporada de 2019, “o Teatro do Absurdo teve muita repercussão no Brasil, até porque, em vários aspectos, a realidade brasileira em muito se aproxima do mundo sem nexo e sem saída, retratado por esta corrente cada dia mais contemporânea”.

Piquenique no Front, do espanhol Fernando Arrabal, conta de forma bem humorada, original e absurda, a história do soldado Zapo que, em combate, recebe num domingo a inesperada visita dos seus pais, o senhor e a senhora Tépan para um piquenique em pleno campo de batalha. Sem entender, Zapo acompanha essa atividade familiar com acontecimentos incomuns. Entre bombas, tiros, rajadas de metralhadora, a prisão do soldado inimigo Zepo e enfermeiros farejadores de feridos, o banquete acontece com tranquilidade, regado a gentilezas e bom humor.

Sobre o autor

Fernando Arrabal Téran, nascido em 11 de agosto de 1932 em Melilha na Espanha, é escritor, dramaturgo, cineasta, poeta e ensaísta. Recebeu o Prêmio Nacional de Superdotado aos 10 anos, iniciou seus estudos universitários em Madrid e foi julgado e preso pelo governo franquista em 1967 pelo engajamento político de sua obra. Após a morte de Francisco Franco, ele entrou na lista dos cinco espanhóis mais perigosos e foi impedido de voltar ao país, anos mais tarde recebeu o reconhecimento na Espanha por meio de distinções e prêmios nacionais. Dirigiu sete longas-metragens, publicou quatorze novelas, escreveu sete centenas de livros de poesia, vários ensaios e textos teatrais. Seu teatro completo, editado nas principais línguas, tem sido publicado em dois volumes de mais de duas mil páginas e, atualmente, é o autor espanhol mais encenado no mundo.

Ficha Técnica

7 Leituras, 7 Autores, 7 Diretores
Tema: Teatro do Absurdo
Peça: Piquenique no Front, de Fernando Arrabal

Concepção e Direção Geral: Eugênia Thereza de Andrade

Seleção De Textos: Eugênia de Andrade, Mika Lins, Marco Antônio Pâmio e Frederico Barbosa

Direção: Oswaldo Mendes

Elenco: Atílio Bari, Delurdes Moraes, Francisco Gaspar, Fúlvio Filho, Riba Carlovich e Tadeu Menezes

Concepção Cenográfica: Mika Lins

Adereços e Figurino: Jorge Luiz Alves

Produção Executiva: Messias Lima

SERVIÇO

Local: Sesc Consolação – Teatro Anchieta

Endereço: Rua Dr. Vila Nova, 245 – Vila Buarque

Telefone: 11-3234 3000

Dia: 24 de setembro, terça-feira , 19h30
Recomendação etária: 14 anos
Duração: 50 minutos
Ingressos: Grátis – Retirada de ingressos na bilheteria com uma hora de antecedência
Lotação: 280 lugares


Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.