Prêmio Paralímpicos 2018 acontece nesta quarta-feira, 12, em megaestrutura montada no CT Paralímpico, em SP

Prêmio Paralímpicos 2018 acontece nesta quarta-feira, 12, em megaestrutura montada no CT Paralímpico, em SP

Evento celebra as principais conquistas do esporte adaptado na temporada 2018 e ocorre pela primeira vez na sede do CPB

O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, receberá nesta quarta-feira, 12, a edição 2018 do Prêmio Paralímpicos. A principal celebração do esporte adaptado nacional acontecerá pela primeira vez na sede do Comitê Paralímpico Brasileiro, em uma megaestrutura montada para receber 500 pessoas, entre convidados e equipe de trabalho, e um palco com mais de dez metros de altura. Esta será a oitava edição da cerimônia, cujo coquetel terá início às 18h30. A premiação começará às 20h, com transmissão ao vivo do SporTV.

Serão homenageados os destaques de cada modalidade (confira a relação completa de vencedores aqui), além do melhor esportista em cada gênero. O público ainda pode votar e escolher o Atleta da Galera. Concorrem à honraria André Rocha (atletismo), Igor Barcellos (bocha) e Evellyn Ramos (natação). Melhores técnicos e clubes também serão apontados, e haverá a entrega do Prêmio Aldo Miccolis (um dos pioneiros do esporte adaptado no Brasil), que homenageia pessoas que dedicaram sua vida ao esporte paralímpico, e do Prêmio Personalidade Paralímpica, para quem contribuiu para o Movimento no ano.

“É com enorme satisfação que realizaremos o Prêmio Paralímpicos 2018 em nossa casa, o Centro de Treinamento Paralímpico. Mobilizamos uma força-tarefa de mais de 100 pessoas para que montássemos uma estrutura à altura dos feitos de nossos atletas ao longo deste ano. Certamente teremos uma noite incrível, que encerrará com chave de ouro a temporada que tivemos”, disse Mizael Conrado, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro.

Entre os escolhidos em cada esporte, estão atletas que sagraram-se campeões mundiais nesta temporada, como Lauro Chaman (ciclismo), Ricardinho Alves (futebol de 5), Leomon Moreno (goalball) e Diana Barcelos e Jairo Klug (remo). Petrúcio Ferreira (atletismo) e Daniel Dias (natação) estabeleceram novos recordes mundiais em suas respectivas especialidades e também serão celebrados.

Posts Relacionados

Paratleta supera seus limites com patrocínio de empresa de cadeira de rodas

Talentos brasileiros do surfe protagonizam 14ª temporada de “Brazilian Storm” no Canal OFF

De jovens na F1 a corrida inédita: sete motivos tornam 2019 especial ao automobilismo