Raridades de Machado de Assis são apresentadas em exposição inédita

Raridades de Machado de Assis são apresentadas em exposição inédita

Mostra gratuita da Biblioteca Brasiliana da USP traz curiosidades, edições raras e faceta desconhecida do escritor, como publicações em jornais e revistas, poesias e críticas culturais

A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP apresenta, de 28 de setembro a 22 de novembro, a exposição inédita e gratuita Machado de Assis na BBM: primeiras edições e raridades. No dia 27 de setembro, ao meio-dia, será realizada a abertura com peças de Ernesto Nazareth em solo de piano e uma mesa-redonda com especialistas.

Com o objetivo de destacar a amplitude e variedade da obra de Machado de Assis, a mostra conta com livros, jornais e revistas com escritos machadianos. Parte do material será disponibilizada em tablets para que o visitante veja os detalhes das obras raras.

Descobrindo Machado de Assis

Ao todo são 108 itens, incluindo 17 periódicos com textos de Assis e 40 obras coletadas postumamente por pesquisadores. A seleção convida o visitante a conhecer outra faceta do escritor em uma carreira de mais de 50 anos na qual atuou em dezenas de jornais e revistas.

A maioria de seus textos foi publicada pela primeira vez na imprensa, antes de encontrar o formato mais perene do livro, em uma variedade de gêneros, como poesia, crítica literária e teatral, conto, romance e correspondências.

Pesquisa e curadoria

A curadoria é do professor Hélio de Seixas Guimarães, pesquisador da área de literatura brasileira da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Ele trabalhou três anos no projeto, investigando o acervo da BBM, que inclui todas as primeiras – e raras – edições dos livros de Machado de Assis.

“Alguns exemplares são muito singulares, por trazerem dedicatórias de Machado de Assis a figuras importantes do seu tempo, como Salvador de Mendonça, José Veríssimo e Joaquim Nabuco” ressalta o pesquisador. “Em alguns casos, pelas dedicatórias é possível recompor a trajetória do exemplar, que passou por vários proprietários”, indica.

O curador aponta ainda outros destaques da mostra: “Estará exposta uma edição do livro Poesias Completas, bastante cobiçada por colecionadores por conter um famoso erro tipográfico que formou uma ‘palavra feia’. Outra curiosidade é ver as Memórias Póstumas de Brás Cubas, que geralmente associamos ao formato do livro, em sua primeira publicação nas páginas da Revista Brasileira”.

A exposição pode ser visitada gratuitamente de segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h30. A BBM fica na rua da Biblioteca, 21, Cidade Universitária. Mais informações e agendamento educativo para grupos podem ser encontrados no site bbm.usp.br.

Texto Michel Sitnik | Imagens Acervo BBM | Arte André Akamine

Serviço

Machado de Assis na BBM: primeiras edições e raridades


Quando | 28 de setembro a 22 de novembro (Abertura com música e mesa-redonda em 27 de setembro, às 12 horas)
Visitação | Segunda a sexta, das 8h30 às 17h30
Quanto | Grátis
Onde | Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP (Rua da Biblioteca, 21, Cidade Universitária)
Mais informações e agendamento educativo para grupos | bbm.usp.br

 


Sobre a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP:

A Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) é o órgão que desenvolve as políticas culturais e de extensão da Universidade de São Paulo, funcionando como um canal aberto de diálogo da USP com a sociedade. A PRCEU tem ampla atuação, trabalhando na gestão de programas de fomento às iniciativas acadêmicas em cultura e extensão e no apoio às ações da comunidade universitária junto à sociedade. Fazem parte dessa estrutura: Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, TUSP – Teatro da USP, Cinusp Paulo Emílio – Cinema da USP, OSUSP – Orquestra Sinfônica da USP, CoralUSP – Coral da USP, Centro Universitário Maria Antonia, CienTec – Parque de Ciência e Tecnologia da USP, Centro de Preservação Cultural – Casa de D. Yayá e Engenho São Jorge dos Erasmos. Promove, ainda, ações próprias no âmbito da cultura e da extensão universitária, como os programas “Nascente”, “USP e as Profissões”, “Giro Cultural USP” e “+Arte+Cultura”. Já no relacionamento com a comunidade, são desenvolvidos os programas “USP Aberta à Terceira Idade”, “USP Diversidade”, “USP Legal”, “Incubadora USP de Cooperativas Populares” e “USP Aproxima-Ação”.
Posts Relacionados

Giovanna Vaccaro, jovem autora que empodera a juventude

Ana Beatriz Brandão, sucesso entre o público jovem, lança mais um livro em São Paulo

História real que se tornou uma das mais fantásticas odisseias contemporâneas, “Papillon” ganha remake nos cinemas e volta às livrarias