Coral Paulistano apresenta Missa Para Dois Coros no Salão Nobre do Municipal

22 de fevereiro de 2019 Artes e Cultura
Coral Paulistano apresenta Missa Para Dois Coros no Salão Nobre do Municipal

Coral Paulistano apresenta Missa Para Dois Coros no Salão Nobre do Municipal

A apresentação acontece na próxima terça-feira (26), às 20h

Crédito: Luiz Casimiro

O Coral Paulistano, sob a regência da maestrina Naomi Munakata, apresenta uma das peças mais difíceis do repertório coral, Missa Para Dois Coros, de Frank Martin. O concerto é na próxima terça-feira (26), às 20h, no Salão Nobre do Theatro Municipal de São Paulo.

A obra sacra é dividida em “Kyrie”, “Gloria”, “Credo”, “Sanctus” e “Agnus Dei” que representam as partes de uma missa católica. Uma curiosidade é que bastante crítico em relação ao seu trabalho, Frank Martin acreditava que nenhum regente ficaria interessado em executar esta peça. A prova disso é que se passaram 40 anos para que a obra fosse apresentada pela primeira vez em 1963.

O grupo também executa Ave Maria, de Anton Bruckner, que faz referência ao texto do evangelho da anunciação, quando o anjo Gabriel informa a Virgem Maria que ela seria a mãe de Jesus Cristo. 

O Paulistano também interpreta o Ave Verum Corpus, um pequeno canto litúrgico do século XIV que já foi musicado por diversos compositores, incluindo o Mozart. A que o grupo executará é a do compositor contemporâneo Francis Poulenc para coro feminino.

Ainda de Poulenc, a Oração de São Francisco para coro masculino. A obra se ateve a quatro orações de São Francisco e foi composta, no século 20, para os franciscanos de Champfleury nos arredores de Paris, a pedido do primo do compositor.

Coral Paulistano

Com a proposta de levar a música brasileira ao Theatro Municipal de São Paulo, em 1936, por iniciativa de Mário de Andrade, foi criado o Coral Paulistano. O então diretor do Departamento Municipal de Cultura queria mostrar à elite paulistana a importância do movimento nacionalista que contagiava os compositores brasileiros da época e que era até então desconhecida.

Marco da história da música em São Paulo, o grupo foi um dos muitos desdobramentos do movimento modernista da Semana de Arte Moderna de 1922. Em 2013, o Coral foi novamente fortalecido e revalorizado. Com uma programação extensa de apresentações de música brasileira erudita em diferentes espaços da cidade, renovou seu fôlego e retomou suas atividades resgatando sua autenticidade.

Atualmente o Coral Paulistano tem como regente titular a maestrina Naomi Munakata, e a maestrina Maíra Ferreira como regente assistente. O grupo integra a Fundação Theatro Municipal de São Paulo, da Secretaria Municipal de Cultura.

Serviço:

Terça-feira, 26, às 20h

Coral Paulistano Missa Para Dois Coros

Coral Paulistano

Naomi Munakata: regente titular

Maíra Ferreira: regente assistente

 

Programa:

Francis Poulenc: Ave Verum (coro feminino)

Francis Poulenc: Oração de São Francisco (coro masculino)

Anton Bruckner: Ave Maria

Frank Martin: Missa Para Dois Coros

 

Local: Salão Nobre | Theatro Municipal 
Duração aproximada: 60 minutos

Indicação etária: livre

Ingressos: R$ 20


Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.