De eventos mundiais aos ‘diferentões’: 10 fatos que simbolizam a criatividade paulista no esporte

25 de janeiro de 2019 Atualidades
De eventos mundiais aos ‘diferentões’: 10 fatos que simbolizam a criatividade paulista no esporte

De eventos mundiais aos ‘diferentões’: 10 fatos que simbolizam a criatividade paulista no esporte

Em seus 465 anos, cidade de São Paulo já foi palco dos mais variados tipos de competições radicais e também curiosas

Felipe Camargo escala Ponte Estaiada, na zona sul da capital paulista, e hasteia bandeira para dar início à Virada Esportiva, em 2018 (Foto: Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool)

Cidade mais populosa do Brasil, São Paulo é repleta de cores, sons, sabores e também curiosidades. Nesta sexta-feira (25), a capital paulista completa 465 anos de história. De tão eclética e cheia de vida, a casa de mais de 12 milhões de pessoas carrega uma infinidade de momentos especiais e de eventos inéditos ao País.

 

Em abril, por exemplo, receberá uma corrida maluca, com veículos bem-humorados, sem motor e que descerão uma ladeira só com a energia cinética. As inscrições, aliás, estão abertas e podem ser feitas pelo site www.redbull.com.br/LadeiraAbaixo . A competição já aconteceu em cidades como Lisboa, Roma e Tóquio e agora desembarca em solos paulistanos. E para provar que ela vem para a cidade certa, preparamos uma lista que mostra 10 eventos incríveis que já passaram por São Paulo.

 

Fórmula 1: Que tal ir trabalhar, logo cedo, e se deparar com um carro de Fórmula 1? Em 2006, para promover o GP do Brasil, o piloto alemão Michael Ammermuller deu uma volta pela capital com um carro de competição. Entre os pontos turísticos, ele passou próximo ao Teatro Municipal e ao Parque do Ibirapuera.

 

Aviões para todos os gostos: Em 2006, São Paulo transformou um parque em um verdadeiro aeroporto para uma competição bem curiosa. No Red Bull Flugtag, os participantes tinham de usar toda criatividade para construir máquinas voadoras, sem motor, à beira de um lago. Aquele que percorresse a maior distância e executasse o melhor voo seria o vencedor. A primeira edição aconteceu no Parque do Carmo. Três anos depois, o evento voltou à cidade e ocorreu no Parque Ecológico do Tietê.

 

Futebol arte: Com participantes de diversos países, São Paulo sediou, em 2008, a etapa mundial de um torneio de futebol freestyle. Os competidores mostraram grande habilidade e efetuaram manobras inéditas durante o torneio. Na ocasião, o título ficou com o francês Séan Garnier. E o júri foi composto por grandes nomes, como o volante holandês Davids, além dos brasileiros Bebeto, campeão mundial, e Falcão, craque do futsal.

 

Salto no tempo: Em 2011, no Paço das Artes, São Paulo recebeu atletas de diferentes nações para um evento mundial de parkour. Com a presença de grande público, os participantes encararam os obstáculos desenhados exclusivamente para a competição. Entre eles, havia até um carro. O título ficou com o inglês Ryan Doyle.

 

Dar uma voltinha de bike: Um dos meios de transporte que mais cresce em São Paulo é a bicicleta. E, em 2012, os amantes da magrela puderam acompanhar um evento inédito na Virada Esportiva. O Memorial da América Latina recebeu um mini drome, espécie de velódromo reduzido, para as bikes de roda fixa, montado exclusivamente para o evento. Emoção e adrenalina não faltaram.

 

Skate: Com diversos locais tradicionais, como a Praça Roosevelt e o Parque da Independência, o skate é um dos símbolos de São Paulo. Em 2013, a Estação da Luz recebeu cerca de 11 mil fanáticos para um evento de skate vertical, com formato e avaliações inéditos. Entre os participantes estava o multicampeão Sandro Dias.

 

Recorde sobre skate: Em janeiro de 2016, o brasileiro Ricardo Amaral entrou para o Livro dos Recordes ao realizar, no Parque do Ibirapuera, a maior quantidade de rail flip to rail em um minuto. Per Canguru, como é conhecido, executou 15 manobras dentro do tempo determinado.

 

Escalada: O prédio da Gazeta, localizado na Avenida Paulista, é um dos locais mais simbólicos de São Paulo. Mas, você sabia que ele já foi palco de um evento de escalada? Em 2014, dez dos melhores atletas da modalidade do País participaram de uma competição no local, que fez parte da Virada Esportiva. Em 2018, o esporte também ganhou destaque no evento. O escalador Felipe Camargo encarou os quase 140m da Ponte Estaiada para hastear uma bandeira no topo e dar início às ações esportivas.

 

Ovo no chão: Quando você joga um ovo e ele se espatifa no chão, o que acontece? Na maioria dos casos, ele quebra. Mas, e se estudantes criassem engenhocas que permitissem manter o alimento intacto? Com esse objetivo, São Paulo já recebeu uma competição criativa e que instigava os jovens a elaborar um sistema para proteger o ovo lançado a 12m de altura.

 

Avião de papel: Já imaginou uma brincadeira da infância, bem simples, que se transforma em um torneio mundial? São Paulo já recebeu uma competição internacional de aviões de papel, com diversas categorias e muitos estudos envolvidos.

Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.