Desafio premia jovens com US$ 2.000 e estágio internacional em multinacional

9 de abril de 2021 Profissões e Estágios
Desafio premia jovens com US$ 2.000 e estágio internacional em multinacional

Make It Bright: desafio da JTI premia jovens com até US$ 2.000, MacBook e estágio internacional

Estudantes entre 18 e 24 anos precisam criar projeto para um desafio de negócio da multinacional; inscrições vão até 30 de abril

 

Jovens que gostam de ser desafiados e sonham com uma carreira internacional têm no programa Make It Bright, da Japan Tobacco International (JTI), uma oportunidade única: realizar um estágio de seis meses remunerados em qualquer um dos 400 escritórios da empresa, além de ganhar um MacBook da Apple e US$ 2.000 – cerca de R$ 11.000. A premiação inclui ainda ou Apple Watch ou iPad e UU$ 1.500 para os segundos e terceiros colocados. Para isso, precisam criar um projeto respondendo a um desafio de negócio da empresa e se destacar entre estudantes de todo o mundo. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 30 pelo site: www.makeitbright.com.

Os inscritos devem enviar até o dia 31 de maio uma ideia de negócios que responda a um dos desafios propostos pela empresa:

Livre para crescer: 2020 acelerou as novas formas de trabalho pelo mundo. Nesse cenário, como criar um employee experience que resolva os desafios do futuro do trabalho, como o equilíbrio entre vida e trabalho, a digitalização e o trabalho remoto.
Livre para criar: como inovar e melhorar a experiência do consumidor de suas marcas e produtos.
Livre para se expressar: a diversidade de pensamentos traz diversidade de respostas e, como resultado, melhores soluções. Como é possível revolucionar a abordagem sobre diversidade e inclusão de maneira duradoura e significativa?
Livre para brilhar: temática livre no qual os estudantes podem identificar um desafio-chave para a empresa e o setor e propor uma solução.
Para participar é necessário que os participantes formem duplas, além de precisar atender a alguns requisitos. São eles:

Ter entre 18 e 24 anos.
Ter inglês avançado.
Estar motivado a inovar por meio da criação de projetos.
Menos de dois anos de estágio ou trabalho com carteira assinada.
Os jovens que tiverem seus projetos selecionados na primeira etapa participarão de um treinamento e mentorias com líderes da empresa. Após aperfeiçoar a ideia com o auxílio desses profissionais, os projetos serão avaliados por um júri qualificado, que escolherá um time para representar o Brasil na grande final global do programa, quando todas as duplas do mundo concorrem entre si. As três primeiras duplas serão premiadas com:

1º lugar – MacBook Apple, estágio internacional remunerado e US$ 2.000 para serem utilizados em aprendizado e desenvolvimento.
2º lugar e 3º lugar – US$ 1.500 para serem utilizados em aprendizado e desenvolvimento e um Apple Watch ou iPad.
A dupla que conquistar a oportunidade irá estagiar em uma organização reconhecida como Top Employer globalmente e que, por quatros anos consecutivos, tem sido certificada no Brasil, assim se consolidando como uma das melhores empregadoras do país.  “Essa é uma oportunidade única dos jovens aprenderem fazendo, com o suporte dos profissionais competentes e experientes da JTI, além de estarem em contato com pessoas do mundo inteiro. Para nós, é uma excelente ocasião para nos aproximarmos de jovens talentos e contribuir na formação e inserção desses futuros líderes no mercado de trabalho, sendo que esses talentos podem ser preparados para, no futuro, assumirem cargos de liderança na própria JTI, afirma Leandro Pilati, Gerente de Talentos e Employer Branding da empresa.

Oportunidades de carreira

Além da premiação, os jovens que participam do Make It Bright levam aprendizados para suas carreiras e abrem oportunidades. André Carrara e André Mafei, ambos alunos do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), participaram do programa em 2020.  Segundo Mafei, a oportunidade proporcionou um olhar diferente sobre como propor soluções disruptivas. “Eu adoro participar de competições de inovação, é que elas me motivam a ir além do que já existe de mais novo num segmento por meio da tecnologia. Esse aprendizado intenso que o Make It Bright nos proporcionou aperfeiçoa uma visão mais rápida e criativa de resolução de problemas. E ainda tivemos a chance de conquistar um espaço no time da JTI internacionalmente, o que é surreal e life-changing”, afirma.

Já José Henrique Brixius, de Santa Cruz do Sul, participou da edição do programa em 2019. Ele e sua dupla, André Lopes, de Passo do Sobrado, chegaram a viajar à Suíça para apresentar o projeto que desenvolveram. Hoje, após ter estagiado na área de melhoria contínua da JTI, José Henrique foi efetivado como Auxiliar de Melhoria Contínua. “O programa contribuiu muito com a minha carreira, pois foi minha porta de entrada na empresa e pude mostrar quem eu era e meu trabalho. Além disso, tive diversos outros ensinamentos por meio da mentoria com profissionais experientes, a oportunidade de viajar para outro País, apresentar o projeto e conviver com pessoas de diferentes nacionalidades. Experiências e aprendizados que foram muito importantes”, afirma.

Employer Branding

Reconhecida globalmente como Top Employer desde 2014, a JTI é uma empresa comprometida com seus 44 mil colaboradores. Investe para ter um ambiente acolhedor, que respeita a diversidade de pessoas, opiniões e comportamentos. Investe também no desenvolvimento de pessoas, promovendo oportunidades e experiências que proporcionam uma carreira rica em aprendizado, conhecimento e sucesso. No Brasil, a JTI é Top Employer desde 2018.

 

Sobre a JTI

A Japan Tobacco International (JTI) é uma empresa internacional líder em tabaco e vaping, com operações em mais de 130 países. É proprietária global de Winston, segunda marca mais vendida do mundo, e de Camel fora dos EUA. Outras marcas globais incluem Mevius e LD. Também um dos principais players no mercado internacional de vaping e tabaco aquecido com as marcas Logic e Ploom. Com sede em Genebra, na Suíça, emprega mais de 44 mil pessoas e foi premiada com o Global Top Employer por cinco anos consecutivos. A JTI é membro do Japan Tobacco Group of Companies.

No Brasil, são mais de mil colaboradores em 10 Estados. A operação contempla a produção de tabaco – por meio de 11 mil produtores integrados no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná – compra, processamento e exportação de tabaco, fabricação, venda e distribuição de cigarros em mais de 20 Estados do Brasil. As marcas comercializadas são Winston, NAS, Djarum e Camel, essa última também exportada para a Bolívia e Colômbia. Em 2018, 2019 e 2020, a JTI foi reconhecida como Top Employer Brasil.


Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.