Viviane Mosé abre 3ª DANÇA SE MOVE OCUPA

9 de dezembro de 2020 Artes e Cultura
Viviane Mosé abre 3ª DANÇA SE MOVE OCUPA

3ª Dança se Move Ocupa discute o que fazer em tempos de crise, risco e colapso

Viviane Mosé abre evento-resistência organizado por artistas da dança de São Paulo, que traz, durante duas semanas, 18 vivências práticas, seis debates e quatro fóruns de discussão sobre temas que envolvem a arte e a cultura no atual cenário do país.

Entre 8 e 21 de dezembro, o Movimento A Dança se Move, formado por trabalhadores da dança da cidade de São Paulo, realiza, em parceria com o Centro de Referência da Dança (CRDSP), seu ato de resistência 2020, na 3ª Ocupação artística e política, com o tema “Crise, Risco e Colapso – O que fazer, então?”. Pela terceira vez consecutiva, o movimento tem encerrado o ano com a ação ‘A Dança se Move Ocupa’, a fim de unir forças e marcar presença contra o desmonte das políticas culturais, promovendo encontros e debates, desta vez, adaptados ao modo virtual.

A poetisa, filósofa e psicanalista Viviane Mosé abre a Ocupação no dia 8, às 19h, com uma conversa ‘ao vivo-online’ transmitida pelo canal do Youtube do CRD (Centro de Referência da Dança). Mosé, que é especialista em elaboração e implementação de políticas públicas e suas palestras têm sempre em vista os desafios do contemporâneo, aceitou o convite para, com sua maestria, capacidade analítica e bom humor, debater e provocar questões que envolvem a cultura, as artes e o corpo no nosso tempo.

Durante as duas semanas, vão acontecer, diariamente (exceto dias 14 e 15), três vivências práticas, de 90 minutos cada, nos períodos da manhã e da tarde (10h, 14h e 16h), e uma palestra à noite, começando sempre às 19h. Nos dois fins de semana, também às 19h, serão realizados fóruns, para o debate de temas mais amplos como “Democracia e Necropolítica”, “Corpo não binárie nas Artes”, “Políticas Públicas” e “Corpo na Tela”, sempre com um tempo mais elástico, a presença de mediadores e um número maior de participantes nas discussões.

Querendo funcionar como um ‘laboratório cidadão’, a iniciativa foi pensada como um ato de resistência e de acolhimento a uma diversidade de atores e repertórios, como resultado de diferentes processos de formação e consolidação, para uma pluralidade de trocas e aprendizagens abertas. Por isso, as vivências perpassam pelas danças clássica, contemporânea, afro e de expressão brasileira, contato improvisação, breaking, afrobeat, Voguing e dança oriental. As palestras diárias também trazem uma gama de temas que transitam entre dança, acessibilidade, novas formas de produção e processos de criação pandêmicos.

Para participar das vivências e palestras, o público deve fazer inscrição no link https://forms.gle/oihBfqbDv2bHMbq46 

A partir do preenchimento do formulário, será enviado no dia do evento um link para acesso à plataforma ZOOM, por e-mail e telefone.

Os Fóruns terão acesso livre no canal do Youtube do CRDSP: https://www.youtube.com/channel/UCnaWP-9P6XLBw2tmaR0NOQw

 

O Movimento

De modo irrestrito e propositivo, assim que o isolamento foi decretado na cidade de São Paulo, o ‘A Dança Se Move’ deu início ao “SOS Dança”, um braço do movimento que tem olhado especificamente para possibilidades de construir redes de apoio nesse ano de 2020.  A partir da realização de um mapeamento dos profissionais da dança paulistanos, foi ativada uma campanha de financiamento coletivo, organizado um auxílio emergencial próprio, destinado aos trabalhadores que estavam em maior vulnerabilidade, distribuídas cestas básicas por meio de uma parceria com a Secretaria de Cultura do Estado de SP, lançada a “Semana SOS Dança”, com aulas e palestras semanais, em formato virtual, para seguir arrecadando fundos aos profissionais da área, e uma plataforma, que está sendo viabilizada para difundir trabalhos de artistas paulistanos. Estas ações se deram junto ao Portal MUD – Museu da Dança, e à Cooperativa Paulista de Dança.

Para encerrar o ano, o Movimento se debruça sobre a organização e produção desse novo ato-resistência, que, em parceria com o Centro de Referência da Dança – CRDSP, é um convite para unir, discutir e pensar ações em tempo de crise, risco, colapso e, igualmente, luta.

__________________________

Serviço

3ª A Dança se Move Ocupa – “Crise, Risco e Colapso – O que fazer, então?”

De 8 a 21/12

18 Vivências artísticas, 6 Palestras e 4 Fóruns de discussão.

Vivências e palestras – Inscrições gratuitas pelo formulário: https://forms.gle/oihBfqbDv2bHMbq46

No dia do evento será enviado um link para acesso à plataforma ZOOM, por e-mail e telefone.

Foruns – acesso livre no canal do Youtube do CRDSP: https://www.youtube.com/channel/UCnaWP-9P6XLBw2tmaR0NOQw

 


Copyright ©2018. Todos os direitos reservados.